segunda-feira , 22 julho 2019
Meia Maratona do Rio 2019 topo

Publicidade

Ínicio / Blog do Colucci / Colucci / #Ano40 / Adidas Endless Run 10K + 5 + 1 #BoostSP

Adidas Endless Run 10K + 5 + 1 #BoostSP

Chegada bateria de 1k da campeã Erika Dolberth

Quarta-feira, 16 de setembro de 2015

E todas as previsões sobre a Adidas Endless Run Boost São Paulo foram concretizadas.
A prova aconteceu no último domingo, na cidade universitária da USP, em uma manhã mais que gelada que não afugentou os corredores, pelo contrário, foi até comemorada pela maioria que pode buscar suas melhores marcas no percurso quase todo plano.

Em comparação a primeira edição, o nível aumentou e muito, os tempos de corte dos 200 mais rápidos no masculino foi praticamente o mesmo que o tempo dos 100 mais rápidos de 2014. E olha que no mesmo dia e horário aconteceram mais 4 corridas na capital, sem contar as provas na grande SP.

E a briga não foi só pelas 300 vagas(200 homens e 100 mulheres), a briga foi fortíssima pelo pódio n geral e no desafio de 1km. Os campeões de 2014 tiveram muito trabalho e não conseguiram repetir o feito da primeira edição.

Chegada Jean Dolberth no 1Km – Foto: Adidas

Quem brilhou na disputa foi a família Dolberth, o casal de atletas do Esporte Clube Pinheiros, Erika e Jean foram os grandes campeões da #BoostSP. Erika faturou o primeiro lugar geral e também foi campeã do 1km, Jean foi o campeão geral (10k + 5 + 1) com 47’00” e ficou em segundo lugar no desafio de 1km com 2’20″44.

No masculino, o campeão do desafio de 1 km foi André Alberti de Santana com 2’17″19

O prêmio para os campeões será 1 ano de material esportivo Adidas e mais brindes dos patrocinadores como jogo de Pneus Continental, diárias nos hotéis da rede Ibis.

Uma reclamação na arena na hora da premiação foi que os outros integrantes dos pódios não receberam nenhuma premiação extra além dos lindos troféus.

Pódio 10K+5K+1K – masculino
1° Jean Dolberth – 47’00’’; 2º Cezídio Alves Rodrigues – 47’11’’ e 3° Luis Paulo Silva Antunes – 48’26’’.

Pódio 10K+5K+1K –  feminino
1ª Erika Oliveira Dolberth – 53’27’’; 2ª Marcela Cristina Gomez – 54’53’’; 3ª Giovanna Martins – 58’12’’.

Desafio Especial Boost 1K – masculino
1º André Alberti de Santana – 02’17’’19; 2° Jean Dolberth – 02’20’’44; 3° Cezídio Alves Rodrigues – 02’21’’05.

Desafio Especial Boost 1K – feminino
1ª Erika Oliveira Dolberth – 02’39’’90; 2ª Marcela Cristina Gomez – 02’47’’22; 3ª Nilva Pereira da Silva – 02’52’’40.

Por falar em Arena, o espaço destinado ao corredores no meio da pista de atletismo da USP estava um espetáculo a parte, nem a fila do guarda-volumes foi motivo para reclamações. A arena contou com espaço para crioterapia(existem loucos muito loucos mesmo, com aquele frio eu não queria nem olhar para o gelo, e a galera lá dentro, “On The Rocks“), local para descanso e massagem, com a equipe da Previna Saúde, 40 massagistas para ajudar na recuperação dos atletas.

As medalhas de muito bom gosto, bonitas e muito bem boladas agradaram a todos.

O que parece que deu problema foi a camiseta de finisher, alguns corredores ficaram sem sua recordação e a Latin Sports se comprometeu a mandar para os que solicitarem. Por falar em camiseta, parece que a feminina do kit pré prova, para algumas corredoras foi entregue diferente do solicitado, em reclamações na rede social, a Latin Sports se comprometeu a resolver o problema.

A corrida de 10km foi fria e forte, com um tapete de controle de cronometragem no meio do percurso para pegar os espertinhos parece que foi suficiente, apesar que alguns “malandros” foram cortados por tentar burlar o regulamento, fato que atrasou um pouco a apuração final. O tempo de corte dos homens foi um pouco mais de 40′ e das mulheres um pouco acima de 50′.

Sabendo desse corte tão forte, nem me empolguei para a largada da corrida de 5km, e acabei ame atrasando e não ouvi a buzina inicial. Esse atraso de uns 4 minutos resultou em um trânsito absurdo e tive que correr pela calçada para tentar manter um ritmo mais forte. Mas, já sabendo que não teria chance para terminar entre os 200 não me aborreci com o trânsito e ainda pude cumprimentar alguns amigos pelo percurso.

Resumindo a minha prova 10k + 5, diminui quase 3 minutos em relação ao ano passado, mas a concorrência também diminui esses 3 minutos e ficou tudo bem parecido com a primeira edição.

As baterias de 1km foram verdadeiros “pegas”, a chegada foi emocionante, todos gastando todo o combustível restante para chegar no menor tempo possível.

O que tirou um pouco o brilho foi saber que homens correram com números de mulheres e essa(s) na maior cara de pau foi para o desafio final de 1km. Mesmo sendo DESCLASSIFICADA do resultado final, levou para casa uma medalha mentirosa e o que é pior, TIROU A VAGA de quem merecia ter participado da disputa. #Vergonha que discutiremos em outro post.

O Desafio 10K + 5 + 1 Adidas Endless Boost Run vai agora para o Rio de Janeiro, será dia 18 de outubro, no Aterro do Flamengo. Blog e Run está escalado e treinando para essa disputa, já cometeu o erro de convidar amigos velozes que toparam a aventura. Sendo assim, se você é mais rápido que eu, procure outra corrida nessa data e não vá correr a #BoostRio hehehe

Pelas minhas contas já estou na colocação 199 e meio, isso se eu melhorar minhas marcas(brincadeira, se eu tivesse como acertar isso, jogava na loteria).  

As fotos do desafio de 1km ficaram muito legais, e estão fazendo sucesso na FanPage BlogeRun.

A melhor parte de não participar da disputa do km final foi transmitir ao vivo no periscope as baterias.
Obrigado a todos os amigos que participaram e acompanharam a transmissão.
As próximas serão ainda melhores.

Siga este BLOG – adicione seu email em “Cadastre seu Email Aqui” e receba as atualizações em primeira mão.

Inscreva-se no NOVO CANAL BLABLABLARUN do  Youtube.

Curta a página do blog no facebook e fique por dentro de muito mais sobre corridas: fb.com/BlogeRun 

Siga no Twitter @antoniocolucci e no Instagram @colucci_blogerun                                                             

  #aisim Colucci13
   Twitter: @antoniocolucci


Instagram:@colucci_blogerun

Sobre Antonio Colucci

Um corredor que escreve, 'RunPorter' e Pai do Diego. Correndo desde 2004; Escrevendo desde 2007; Pai do Diego desde 2008; Maratonista desde 2009.

Veja também

2ª Maratona dos mares de Maceió 2019

  No último domingo aconteceu em Maceió, a capital de Alagoas, a 2ª edição da …

Concorra inscrições de provas, camisetas e brindes.

Cadastre-se na nossa newsletter e saiba de tudo .

Obrigado! Foi enviado um email de confirmação para você.