sábado , 24 agosto 2019

Publicidade

Ínicio / Blog do Colucci / Mizuno 21K Half Marathon – It´s Runderful

Mizuno 21K Half Marathon – It´s Runderful

Pódio categoria Imprensa/Blogs Masculino

Segunda-feira, 15 de junho de 2015 – Didi´s day

A Mizuno 21K Half Marathon aconteceu ontem em São Paulo, com um clima perfeito e quase 8.000 corredores, foram duas disputas dentro da mesma corrida com todos largando ao mesmo tempo, os corredores da  meia maratona e as duplas que retornavam no km 7,5 para fechar 10,5km.

A classificação das duplas foi apurada pela soma dos tempos dos corredores.

A premiação em dinheiro foi um atrativo a mais e a prova teve um nível bem forte em todas as categorias.

O percurso todo plano ou com poucos “falsos planos” na marginal do Rio Pinheiros foi outro atrativo para melhorar a performance dos participantes, e a hidratação muito bem ditribuída com água durante todo o percurso e Gatorade de saquinho em dois pontos para os meio-maratonistas, além de esponjas com água para refrescar e tirar o suor. O clima estava tão bom que nem era preciso a esponja, mas foi uma diversão a mais para passar o tempo e encaixar o ritmo. Os corredores dos 21K também tiveram um posto com Gel de carboidrato.

A expo para entrega dos kits teve vários atrativos, com hidratação, massagem, testes de pisada, pedígrafo, palestras e um kit muito elogiado com camiseta, viseira, sacola, gel, “MM´s” para prender o número e o número de peito identificado por cores para distinguir o local do ritmo da largada. A única reclamação sobre a expo foi referente ao estacionamento e valores, mas, considerando que estamos em SP, nenhuma novidade.

A estrutura da prova foi montada no parque do povo, com guarda-volumes e sei lá mais o que(não tive tempo de passar por lá, e também não ouvi reclamações sobre). A prova fez um convênio com estacionamentos ao lado do parque para facilitar a vida dos corredores, tudo muito bem divulgado durante a semana, e disponibilizou um bicicletário para quem preferisse. As assessorias montaram suas tendas ao lado do parque e só era preciso aos corredores irem para a largada no final da ponte antes das 07:00.

Claro que como bons brasileiros e sempre com boas desculpas, nesse horário poucos estavam posicionados, e como para chegar nos locais da separação dos ritmos era preciso passar(???) na frente da largada, até que todos os corredores conseguissem passar(???) a largada teve que ser atrasada e a missão de avisar isso ficou para o Bacana Locutor que tentava acelerar quem vinha calmamente ponte abaixo e acalmar quem estava no horário certo e perdendo o aquecimento para esperar a procissão.

Para o próximo ano, se a corrida existir e o local/percurso for o mesmo, várias ideias foram passadas para evitar esse atraso.

Durante o percurso, todos acelerando, reta infinita, clima perfeito, hidratação, marcação e todos os detalhes funcionando, só precisava colocar em pratica os treinamentos(para quem treinou, é claro, não foi o meu caso). Na volta, rumo a chegada o sol ameaçava aparecer, mas  vento contra e gelado foi mais forte, deu para desanimar um pouco, pensar em parar e sonhar com um cobertor, um edredon, mas quem conhece a marginal, sabe que parar por lá é muito chato, chega todos os dias e horários de trânsito intenso. O pensamento era só um, correr o máximo e evitar as multas, afinal a pista era toda nossa e os radares estão em todos os cantos.

Algumas fotos em Fb.com/Blogerun, eu tava tão ruim para a prova que corri sem a câmera, sem a toca e só não congelei com o vento contra na volta graças ao enorme número de peito que serviu de corta-vento. Completei com dores musculares, mas aquelas dores boas, dores de recompensa. Curti!

Corri sem a toca do Spider, muitos não me reconheceram, até porque amigos rápidos também correram com a camiseta Blog e Run/Fisionoesporte  e confundiram quem vinha no sentido oposto.

Corri com uma camiseta seca no flipbelt e logo após a chegada troquei de camiseta e o frio sumiu. Ainda encontrei muitos amigos e as lindas Adriane e Ariane para melhorar ainda mais a manhã.

Chegada linda, animada, alegria estampada em cada concluinte. Fim.

A Mizuno providenciou medalhas diferenciadas para os percursos, sendo a de fita rosa para os corredores das duplas com a marca de 10,5 km  e a de fita verde para os meio maratonistas com a impressão de 21km na medalha. Porém, na hora da entrega, erraram na execução do planejado e entregaram medalhas de forma aleatória, invertendo a cor das faixas, causando assim a falta de medalhas para os corredores dos 21km que acabaram levando a de 10,5km(EU).

Em contato com a Mizuno, eles lamentaram o ocorrido e estão solicitando a todos os corredores que tiveram problemas com a medalha que enviem email para mizunohalfmarathon@ccm.com.br com o nome completo e endereço explicando qual foi a troca que ele enviarão pelo correio as medalhas corretas.

Eu vou ficar com a medalha rosinha mesmo, nada contra o verde, mas…. It´s Runderful

Campeões:

Individual masculino:  1º: Mejam Reginald Lucian (Tanzânia) – 1h05m49s; 2º: Jacob Kemboi Kiprotich (Quênia) – 1h07m04s; 3º. Marcos Paixão Oliveira (Brasil) – 1h11m24s
Individual feminino: 1ª: Fadhila Salum Samwe (Tanzânia) – 1h17m29s; 2ª: Sirlene Pinho (Brasil) 1h19m33s; 3ª: Conceição Oliveira (Brasil) – 1h21m03s
Duplas masculinas: 1º: Vagner da Silva Noronha e Wellington da Silva – 1h04m39s; 2º: Everton Barbosa da Silva e Marcos Vinícius Coelho – 1h06m30s; 3º: Luis Fernando Almeida Paula (BRA)e Luis Manuel Jesus Feiteira(PORTUGAL) – 1h07m55s
Duplas femininas: 1º: Milena Preter e Andrea Keilla Galvão – 1h30m48s; 2º: Alexandra Maria Figueiredo e Eva Rocha Duarte – 1h32m14s; 3º: Camila Tanus Alves e Alessandra Sanches Arouca – 1h40m49s
  
Duplas mistas: 1º: Carlos Antonio dos Santos e Tatiana Araujo – 1h09m30s; 2º: Rafael Santos de Novais e Drielly de Souza – 1h11m13s; 3º: Eliezer Jesus Santos e Rejane Ester Bispo da Silva – 1h11m40s
Pódio Imprensa/Blogs masculino
Categoria Imprensa/Blogs
Uma iniciativa muito bacana que algumas provas brasileiras usam para estimular o desempenho de quem escreve sobre corridas premiando com troféus e brindes. É uma categoria exclusiva, onde são inscritos somente os convidados pela organização da prova, única e exclusivamente a critério deles.
Pensa em uma festa, só entra na festa quem é convidado. Não é um show que basta comprar o ingresso e nem uma competição onde precisa provar que é “apto” a participar.
Muitos desses convidados nem sabem que estão participando da categoria, e alguns fazem questão de tentar colocar pessoas que não tem nada a ver com a categoria para participar, às vezes acontece de dar certo, sei de fato real onde já conseguiram colocar funcionários fantasmas(?) como representante de veículo(também quase fantasma) de corrida. Mas, isso cabe ao organizador verificar a veracidade.
Quem critica essa premiação é porque não tem capacidade de conquistá-la mesmo estando inscrito nela, é sempre a mesma história, a mesma desculpa, o mesmo papo furado e a mesma fuga. Uma pena ver isso acontecer em pleno ano de 2015, com tanta informação a procura de interessados.
Na categoria Imprensa/Blogs masculino quem faturou mais uma vez o prêmio foi o tiozinho voador Vicent Sobrinho, que mesmo com as boas e velhas desculpas levou o troféu de número 1 para casa, seguido pelo querido ironman Bruno Vicari, do SBT e da ESPN Brasil e em terceiro chegou Marcio Kroehn, da Istoé Dinheiro. Entre as meninas, a primeira colocação ficou com a Karine César que nem sabia e perdeu o momento pódio, seguida pela nova geração Nayana e Kauana Araujo que completaram a premiação. Parabéns amigos e amigas!!! Se existe uma categoria e uma premiação, vocês deram o máximo e atingiram o objetivo. 
Aos que ficam criticando, sugiro que façam algo produtivo em prol de quem precisa, vão chorar longe das redes sociais como sempre fizeram ou vão fazer pipoca. Chato pra caramba.
Que venha a Mizuno 21K 2016 com os devidos ajustes no pré e pós prova. Recordes a vista! 

Conheça e curta a PÁGINA #BLABLABLARUN com as entrevistas já publicadas.
 

Siga este BLOG – adicione seu email em “Cadastre seu Email Aqui” e receba as atualizações em primeira mão. 

Inscreva-se no NOVO CANAL BLABLABLARUN do  Youtube.


Curta a página do blog no facebook e fique por dentro de muito mais sobre corridas: fb.com/BlogeRun

Siga no Twitter@antoniocolucci e no Instagram @antoniocolucci_13                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        

 #aisim Colucci13  

Twitter: @antoniocolucci   

Instagram:@antoniocolucci_13

Sobre Antonio Colucci

Um corredor que escreve, 'RunPorter' e Pai do Diego. Correndo desde 2004; Escrevendo desde 2007; Pai do Diego desde 2008; Maratonista desde 2009.

Veja também

São Silvestre 2019 – inscrições abertas com novidades

Abertas as inscrições para a 95ª Corrida Internacional de São Silvestre com novidades. A mais …

3 Comentários

  1. Os profissionais de imprensa merecem. Todos organizadores deveriam adotar isso! Claro, os fotógrafos não podem ficar de fora… Rsrsrs

  2. Ah correu sem a touca por isso não te vi rsrs, eu fui para o revezamento, mas corri os 21K, a medalha foi certinha a dos 10.5 K.

  3. eu fui um dos que tive o tal do problema de medalha, achei muito chato, não deveria acontecer por se tratar de uma organização experiente, já mandei meu pedido e vou aguardar .. tbém quero salientar que ouve um grande atraso na abertura do guarda volumes e por isso atrasou toda a largada .. prova foi bem bacana, mas pecaram nesse quesitos …

Concorra inscrições de provas, camisetas e brindes.

Cadastre-se na nossa newsletter e saiba de tudo .

Obrigado! Foi enviado um email de confirmação para você.