sábado , 21 maio 2022
Ínicio / Corridas / Corrida de Rua / 10 km / Asics Golden Run de volta – com novidades

Asics Golden Run de volta – com novidades

BLOG DO COLUCCI

Olha quem está de volta:

A Asics Golden Run retorna com novidades e datas definidas para Buenos Aires, São Paulo e Rio de Janeiro.

Os detalhes estão no quadro abaixo, assim como o link para inscrição nas etapas de Sampa em 15 de maio e do Rio em 10 de  julho. Quem estava inscrito para as edições suspensas de 2020 continuam inscritos, detalhes no quadro abaixo também.

HISTÓRIA

Agora que eu junto com o Tião Moreira resgatamos as mais incríveis histórias do Atletismo Brasileiro, está até dando uma vontadezinha de voltar a escrever, mesmo sabendo que BLOG não tem mais o mesmo significado de antes, que o instagram e seus fantasmas/robôs roubaram a cena e estão dominando os likes fakes do planeta.

O CIRCUITO ASICS GOLDEN FOUR tem muitos dedinhos e palpites do BLOG do Colucci.

Lá em 2010 tinha um BLOG que clamava por uma prova diferenciada no Brasil, se fosse um Circuito melhor ainda, e se tivesse premiação incentivadora iria conquistar o coração dos corredores brasileiros.

O Circuito surgiu com a distância única de 21kms, uma prova PURA de meia maratona com premiação espetacular em dinheiro para os mais rápidos e passagens e inscrições para Maratonas de Nova York e Paris para as categorias, além das mais cobiçadas medalhas do TOP 100 para os 100 mais rápidos a completarem os 21kms.

No lançamento todos adoraram as novidades e só ficaram chateados os corredores das cidades que não foram contempladas com uma etapa do Circuito, mas mesmo assim todos os esforços foram válidos para correr e aproveitar para viajar para outras cidades em busca das Golden Four.

Mudaram-se cidades, saiu BH, entrou POA, saiu POA e foi parar em Fortaleza. Sampa, Rio e Brasília sempre estiveram presentes e muitas histórias foram contadas nesses anos de G4.

Todo ano a expectativa era tanta que teve ano que fizeram e até pagaram inscrição antes mesmo de serem abertas oficialmente, corredor é tudo maluco, a sorte é que não era golpe, foi só uma falha de sistema.

Mudanças aconteceram, mas a prova sempre manteve a excelência e suas características dos 21kms puro e as medalhas TOP 100(No segundo ano foram incluídas as medalhas TOP 20 para as mulheres, porque elas voavam nos 21kms mas não conseguiam chegar antes do 100º,  só a Ju Caixeta conseguiu sendo a campeã em BH se a memória não estiver errada. Também com muitos dedinhos do BLOG em questão) Até o Furacão Sandy fez parte da premiação da Golden 4 ‘cancelando’ o prêmio que era correr a Maratona de NY.

Eu corri quase todas as etapas, tenho uma coleção de medalhas de Golden, e só não consegui a TOP 100 em Fortaleza por preguiça e por nem cogitar a possibilidade, quando cruzei a linha de chegada descobri que o centésimo tinha acabado de passar, e eu fiquei curtindo o visual. Coisas que acontecem.

Que venha a edição 2022 da Asics Golden Run.

Uma novidade que descaracteriza a pureza dos 21kms será a inclusão do percurso de 10 kms  nas provas.

Nesse momento pandêmico é muito legal ter essa opção para incluir cada vez mais pessoas no mundo da atividade física, sem a necessidade de ser em um desgastante 21 kms. Nos 10kms não tem TOP 100 ou TOP 20.

Outra novidade que não é muito interessante, mas pode ser alterada é que não consta premiação para os melhores, além de troféus. Essa não premiação em dinheiro ou em produtos, prêmios  ou vale-compras vai transformar a prova em uma provinha comum de todo final de semana no quesito qualidade. Os atletas de ponta, os mais rápidos do Brasil provavelmente não marcarão presença, mas ainda tem muito tempo para a largada, e como nem os percursos foram divulgados, a parte da premiação pode ser melhorada.

Eu e o SempreCorrendo temos o interesse em participar das 3 etapas do Circuito. Em Sampa está bem mais fácil, basta reservar a data, em Buenos Aires e Rio de Janeiro são boas as possibilidades para muitas novas histórias e resgates. Vamos ver……

Inscreva-se no CANAL e APOIE O RESGATE DA HISTÓRIA DO ATLETISMO BRASILEIRO

(CHAVE PIX: resgatedoatletismobr@gmail.com)

 

 

 

Inscrições para ASICS GOLDEN RUN estão abertas com provas em São Paulo, Rio de Janeiro e Buenos Aires

Com circuito inédito de 10Km, além do percurso tradicional, as provas acontecem nos dias 24 de abril em Buenos Aires, 15 de maio em São Paulo e 10 de julho no Rio de Janeiro

 

 

São Paulo, 10 de janeiro — A ASICS retorna às suas provas presenciais após longos dois anos, e para coroar essa volta, aproveita para anunciar a nova edição de seu mais clássico circuito no Brasil, a ASICS GOLDEN RUN, além da volta da prova em Buenos Aires, na Argentina, no dia 24 de abril. No Brasil, as provas serão realizadas em São Paulo, no dia 15 de maio, e no Rio de Janeiro, em 10 de julho. Após período de isolamento, a marca se reaproxima de seu fiel público, saudoso de um dos mais tradicionais eventos desse esporte, e aproveita para trazer novidades especiais preparadas nos últimos meses.

As inscrições podem ser realizadas no site oficial da prova. Para os corredores e corredoras que haviam se cadastrado anteriormente, elas permanecem válidas para as novas datas oficiais, que contarão com benefícios exclusivos. A principal novidade em 2022 é a inclusão de um novo trajeto na ASICS GOLDEN RUN, dessa vez de 10 km de distância.

Um dos objetivos da ASICS com a inclusão da nova distância no circuito é incentivar novos corredores a experimentar a sensação de bem-estar físico e mental que a corrida traz, além de poder viver a experiência da principal corrida da marca com toda a estrutura que a ASICS oferece. “A ASICS GOLDEN RUN é muito conhecida pelos amantes da corrida, e nós estamos felizes por poder voltar às ruas para correr junto e oferecer novas e marcantes experiências a todos eles. Além disso, estamos empenhados em conquistar mais adeptos ao esporte, contribuindo não só com produtos de qualidade, mas também com iniciativas que possam ajudar na busca por qualidade de vida, uma mente sã e um corpo são.”, afirma Constanza Novillo, diretora de marketing da ASICS Brasil e América Latina.

A ASICS GOLDEN RUN surgiu em 2011 com o nome de GOLDEN FOUR, e já passou por cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Brasília e Porto Alegre. Além também da atuação internacional em cidades como Buenos Aires, Bogotá, Santiago e Lima, levando diversas pessoas às ruas e mostrando a importância da corrida para uma mente e corpo sãos. Uma das mais tradicionais provas do mundo, a ASICS GOLDEN RUN celebra seus 10 anos em três palcos centrais da atuação da marca no continente.

 

Cuidados sanitários preventivos

Ciente do delicado momento que a sociedade ainda atravessa por conta da pandemia de COVID-19, a ASICS Brasil tem forte compromisso com os devidos cuidados sanitários a serem tomados nas provas do circuito. A marca tem seguido todas as medidas de proteção contra o COVID-19 orientadas pela Anvisa, e, para a realização da prova, orienta que os participantes se certifiquem de que não possuem nenhum sintoma da doença, mantenham-se em isolamento nos dias prévios e, o quanto puder no período pré-corrida, usem máscara, mantenham o distanciamento social e lavem as mãos com sabão regularmente.


  Inscreva-se no Canal SempreCorrendo no Youtube

 

Sobre a ASICS

Kihachiro Onitsuka fundou a ASICS em 1949 para realizar seu desejo de cuidar e fortalecer a juventude do Japão através do esporte e assim, contribuir para o desenvolvimento da sociedade. A ASICS defende e acredita na filosofia fundadora de “Anima Sana In Corpore Sano (mente sã em corpo são)”. Este propósito de marca representa o desejo de que pessoas de todo o mundo vivam vidas saudáveis e felizes, tanto no corpo quanto na mente, além da atenção constante em desenvolver esforços que visam preservar um ambiente sustentável.

No campo da sustentabilidade, o uso de materiais reciclados e de baixa emissão de CO², bem como de fontes de energia renovável, ajudam na meta da ASICS de reduzir a emissão de CO² para 63% em todas as operações diretas e da cadeia de suprimentos até 2030. Entre as iniciativas ambientais globais com as quais a empresa se comprometeu estão a RE 100, que prevê o uso exclusivo de energia renovável em suas atividades, e o The Fashion Pact, que visa mitigar a mudança climática, restaurar a biodiversidade e proteger os oceanos.

A ASICS também está permitindo que atletas em todo o mundo vejam, pela primeira vez, o impacto do movimento em suas próprias mentes. Usando uma combinação de tecnologia de escaneamento facial e coleta de dados de autorrelato, as pessoas serão capazes de capturar o impacto do esporte em 10 métricas emocionais e cognitivas – incluindo confiança, positividade, calma e foco – para ver como diferentes esportes impactam como pensam e sentem. A plataforma, chamada Mind Uplifter™, já está disponível em minduplifter.

Buscando sempre incentivar o esporte como ferramenta transformadora do corpo e da mente, a ASICS oferece tecnologia inteligente para contribuir com a construção de uma sociedade na qual as pessoas estejam mais envolvidas com o esporte, um elemento importante para longevidade, saúde, atravessar as fronteiras nacionais, culturais e unir o mundo. Para mais informações, acesse asics.


  Inscreva-se no Canal SempreCorrendo no Youtube

 

SIGA NOSSO INSTAGRAM

Todos os DOMINGOS às 16:30 em  facebook.com/SempreCorrendo

Grandes nomes que escreveram a história da corrida no Brasil

 

QUER SABER ANTES PARA NÃO FICAR DE FORA?
AVISE-ME das NOVIDADES

Sobre Antonio Colucci

Um corredor que escreve, 'RunPorter' e Pai do Diego. Correndo desde 2004; Escrevendo desde 2007; Pai do Diego desde 2008; Maratonista desde 2009.

Veja também

GPS para corrida – HUAWEI WATCH GT Runner

Uma grata surpresa para os corredores é o GPS HUAWEI GT PRO Runner, estamos testando …

Concorra inscrições de provas, camisetas e brindes.

Cadastre-se na nossa newsletter e saiba de tudo .

Obrigado! Foi enviado um email de confirmação para você.