terça-feira , 15 janeiro 2019
SuperMan e SuperGirl 2019 RIO topo

Publicidade

Ínicio / Blog do Colucci / Meia Maratona – Qual o tempo para terminar?
11ª Meia Maratona Int de São Paulo - Foto: Tião Moreira

Meia Maratona – Qual o tempo para terminar?

Uma foto, um pensamento, muitas opiniões.

A foto abaixo com seus devidos links no instagram e no facebook levantaram um tema muito interessante que insisto há muito tempo e dificilmente mudarei de opinião.

Quem tiver um argumento que consiga me fazer mudar a visão, será muito bem-vindo.

Antes de entrar no fato propriamente dito, vamos a outro certeiro e curioso.

Aqui no site, a quantidade de visitas e acessos é infinitamente maior que o insta ou o face, porém, após a leitura de qualquer assunto que seja, comentar não é uma opção muito  procurada, e lá nas redes sociais ou anti-sociais os comentários são muitos e alguns nem tem nada a ver com o tema/foto.
  • Seria preguiça?

  • Ou o local para comentários é de difícil acesso?

ENQUETE – responda aqui ou se não achar, nas redes sociais.

Hoje em dia vejo que um grande número de corredores “PRECISAM SER MARATONISTAS” ou “Meio-Maratonista”, só para “ostentar” essa condição, e essa necessidade acaba transformando muitos em EX-CORREDORES devido a lesões ou a péssima experiência em concluir um percurso tão longo sem a devida preparação.

Eu não sou profissional de educação física, não sou médico, e escrevo e falo isso diariamente como PRATICANTE DE CORRIDA que tem uma certa experiência de mais de uma década(o que não significa nada) gastando as solas do tênis.

Eu já sofri para terminar maratonas, meias-maratonas e até provas menores por motivos até banais, assim como também já desisti de uma maratona que a conclusão só serviria para me lesionar e nada mais.

Acredito que correr deve ser antes de TUDO um ato de prazer, uma diversão, um hobby, uma qualidade de vida. Se conseguir correr dessa forma o próximo passo será pensar em melhorar tempos e buscar performance.

Ultimamente tenho visto muitas pessoas largando em corridas de longa distância que estão caminhando ou trotando bem lentamente antes do km 5.

A questão crucial não é a velocidade, a questão principal é que estamos em um país tropical, o calor é uma variável desgastante que machuca muito.

Esse sofrimento todo não é nada saudável e nos casos das provas de corrida de rua acabam causando problemas aos participantes e aos organizadores.

Penso que antes de se inscrever em uma corrida de longa distância, o corredor deve estar MUITO APTO para encará-la, a não ser que seja em provas festivas fora do Brasil com o clima ameno ou frio(frio esse que não quero nem chegar perto).

Eu queria muito entender porque é tão necessário “TER” essa conquista e depois ficar a semana toda sem conseguir andar. Não seria mais interessante participar da corrida de menor distância, continuar treinando, melhorando o condicionamento e estrear nas longas distâncias com a certeza que o sofrimento será de puro prazer e superação?

Será que estou ficando muito ‘velho chato’? Será que estou muito “tiozinho mala”?

Essa é uma preocupação com a saúde dos corredores, completar provas nessas condições não tem nada de SUPERAÇÃO, de sei lá o que, isso é um desgaste desnecessário que ninguém precisa se submeter. É muito mais inteligente e prudente não participar, não percorrer o percurso todo, não passar no pórtico do que chegar se arrastando e passar uma semana sem poder ver uma escada pela frente.

Não tenho nenhum problema com “pace”, não ligo para a velocidade, nem para a minha, tenho consciência de quanto esforço consigo submeter meu corpo em cada treino ou prova, corro por prazer e diversão.

Quer correr 21km? Prepare-se para encarar a distância!!!

Quer correr 42km? Corra muitos 21kms antes, faça os 21kms parecerem 5kms e depois pense em dobrar a meta que é absurdamente mais difícil de concluir.

Tem dúvidas de como fazer isso? PROCURE um médico do esporte, PROCURE um profissional de educação física, pergunte, tire as dúvidas e treine conscientemente para encarar esses desafios.

Respeite seu corpo, VOCÊ MORA NELE!

 

Esse foi o percurso da #MeiaSP #2017 #21km pelo centro de SP com minhocão, muitas subidas e descidas. Percurso duro, uma prova de fogo para todos, cada um com seu ☀️ particular. Unânime até o momento que todos que concluíram a prova em tempo de considerável a alto(até quase 3 horas) não tiveram problemas com a hidratação ou qq outra coisa no percurso/chegada. Água e @gatoradebrasil gelados e em quantidade satisfatória. Kit pós prova bom e medalha bonita. Amanhã mais detalhes em www.semprecorrendo.com.br Mais coisas boas estão por vir para a edição 2018. Falta um ANO, dá tempo de treinar, melhorar o condicionamento, correr bem e parar de procurar culpados para a falta de treinos. Antes de postar ouvi muitos corredores, amigos e desconhecidos na linha de chegada, todos gostaram da dificílima prova com condições climáticas adversas. Meia Maratona em mais de 2:45 não é corrida, é quase caminhada, é um sofrimento desnecessário que não entendo porque as pessoas se submetem, principalmente em um país tropical abençoado por Deus e bonito por natureza. No frio da Disney com tantas atrações no caminho, super recomendo essa caminhada interminável, a festa é incrível, mas aqui no calor paulistano ou carioca, recomendo muito treino e paciência para não se submeter a esse sofrimento. Existe um tempo de corte, mas os corredores não admitem serem retirados de uma corrida que obviamente não estão preparados. Uma triste realidade. Outra realidade é que não sei pra que escrever isso se as pessoas ❤️ sem ler. Ler é importante, escolher o que ler mais ainda. Curta e siga tudo que for @portal_semprecorrendo #portal_semprecorrendo #semprecorrendo Essa prova iniciei com ritmo forte, mas uma dor chata na canela me fez voltar para o ritmo de 'base', agora faltam 4 semanas para a #maratonasp e sigo tentando cumprir a planilha para concluir bem a prova. Treinando com #adrianobastos Fisioterapeutando com #Fisionoesporte Registrando com #TomTomBrasil GPS, música e imagens(foto e vídeo) Cobertura #semprecorrendo

A post shared by Antonio Colucci (@colucci_antoniocolucci) on

Após concluir a 11ª Meia Internacional de SP no último domingo, fiquei mais de 50 minutos na linha de chegada “recepcionando” os corredores, analisando a campanha do CORREDOR LEGAL, e conversando com muitos atletas, amigos e desconhecidos, e todos que terminaram até às 02:35 (MAIS DE 07 minutos cada KM)  do tempo bruto chegaram desgastados, e elogiaram a prova, reclamaram do SOL, mas tiveram uma ótima estrutura no percurso e chegada, passaram pelos km 13 com até 1:30.

Ontem, nas redes sociais vi algumas reclamações sobre falta de estrutura para quem chegou no km 13 com 2 horas de prova, tempo esse que as vias da cidade até esse ponto já deveriam estar limpas para serem liberadas ao trânsito.

Não é uma questão de tempo/PACE. É simplesmente uma questão de BOM SENSO!

Quem se preparou para completar 21km, não teve do que reclamar, quem foi para terminar CUSTE O QUE CUSTAR, não deve estar andando ainda hoje.

Não existe nem uma Meia-Maratona FESTIVA no Brasil.

 

 

Esse foi o percurso da #MeiaSP #2017 #21km pelo centro de SP com minhocão, muitas subidas e descidas. Percurso duro, uma…

Posted by Antonio Colucci on Monday, February 20, 2017

Especial Meia SP 2017

Cadastre-se em SempreCorrendo.com.br

AVISE-ME das NOVIDADES

SempreCorrendo.com.br

 

 

Sobre Antonio Colucci

Um corredor que escreve, 'RunPorter' e Pai do Diego. Correndo desde 2004; Escrevendo desde 2007; Pai do Diego desde 2008; Maratonista desde 2009.

Veja também

94ª Corrida de São Silvestre

Começou a 94ª Corrida de São Silvestre. CURTA facebook.com/SempreCorrendo   A EXPO Atleta será do …

Concorra inscrições de provas, camisetas e brindes.

Cadastre-se na nossa newsletter e saiba de tudo .

Obrigado! Foi enviado um email de confirmação para você.