segunda-feira , 22 julho 2019
Meia Maratona do Rio 2019 topo

Publicidade

Ínicio / Blog do Colucci / Colucci / #Ano40 / #BoostRio – Como foi .. Adidas Endless Run

#BoostRio – Como foi .. Adidas Endless Run

mais imagens em facebook.com/BlogeRun

Segunda-feira, 19 de outubro de 2015

E depois de uma semana Rio + que 40°C, chegou o horário de verão e o domingo da prova Adidas Endless Boost, a #BoostRio amanheceu com chuva e vento frio, um clima ótimo para ficar dormindo ou para quebrar recordes.

Quem escolheu quebrar recordes se deu muito bem com um percurso plano e uma turma bem forte puxando o ritmo da corrida.

Mas, nem tudo são flores e algumas críticas foram feitas e merecem atenção especial por parte da organização para as próximas edições. O grande problema da #BOOSTRIO foi o guarda-volumes que mal preparado não conseguiu agilizar o recebimento das malas e com uma fila enorme foi responsável pelo atraso na largada dos 10km, atraso que com o vento frio e a garoa desaqueceu quem estava aquecido e irritou quem estava pronto no horário esperando pela buzina da largada.

A prova de 10km foi um paraíso para quem queria baixar tempos, o clima perfeito, a pista plana e larga com somente um retorno no 5km, foram duas retas, uma para ir e outra para voltar, a chuva deu uma trégua e ficou somente o ar fresco e o chão parcialmente molhado, sem poças ou outro tipo de preocupação. A regra era acelerar, acelerar e acelerar. O primeiro pelotão passou com cinco atletas em ritmo alucinante seguido por outros bem de perto, e os grupos chegavam com os atletas intercalando posições, em disputas bonitas e interessantes. Na chegada, era fácil ver a felicidade de tantos comemorando novas melhores marcas nos 10k.

No intervalo para a largada da prova de 5km, a chuva voltou de leve para esfriar os corredores, muitos foram para a massagem e a para a área de recuperação, outros tentavam se esconder do vento frio e muitos foram trocar a roupa para largar seco ou ao menos com menos frio na segunda prova.

Como consequência do atraso da primeira corrida, a prova de 5km também atrasou e mais uma vez mostrou que os brasileiros não são “muito educados”, a invasão no espaço da largada quando autorizada foi assustadora e desanimadora, quase derrubaram a grade que separava o espaço. Uma cena muito feia para um evento desse porte, mas, aqueles mesmos corredores que reclamaram do atraso da primeira corrida eram os invasores da segunda. Estranho, muito estranho.

Com essa invasão, fiquei mal posicionado para a segunda largada. O percurso teve mais curvas, partiu para um lado, voltou quase um km, retornando outros dois kms para enfim voltar os dois kms finais,  isso desanimou no primeiro km, mas deu para recuperar e ultrapassar uma multidão para chegar com um sprint e no mesmo ritmo médio da primeira prova.

Não foi como o planejado, mas foi o suficiente para classificar para o desafio final de 1km. Sendo assim, era preparar para buscar mais uma medalha e correr outra prova.

No intervalo dos 5km para o desafio BOOST, era hora de buscar a camiseta finisher, receber e guardar a medalha, encontrar muitos amigos cariocas, conversar, tirar fotos e dar muitas risadas.

Enquanto a turma que corre lá na frente se preparava recuperando forças para a batalha final.

Dessa vez, diferente da etapa de São Paulo, por eu estar classificado para o Desafio Final, não pude registrar todas as baterias pelo periscope, mas deu para transmitir a entrada para a concentração do km final e uma bateria feminina, a transmissão foi bem divertida com direito a participação de corredores até do Chile.

O Desafio Boost de 1Km foi recheado de amigos, só da equipe Blog & Run foram 8 na mesma bateria, o que ajudou a descontrair na concentração e estimulou a aceleração na pista. O percurso com duas curvas/retornos dava para ver a disputa entre os primeiros e a distância para os últimos e a reta de chegada com o público incentivando, apoiando e gritando foi o combustível a mais para uma chegada emocionante. Obrigado a todos que gritaram Vai Colucci, Vai Aranha!! Foi muito legal!!!

Outra reclamação ouvida foi a feita pelos corredores que estiveram presente nas duas etapas(São Paulo e Rio) em relação a bonita medalha. A medalha é bonita, porém é IGUAL, sem nenhuma diferença entre as etapas.

Como sugestão poderia estar grafada BOOST SP na de SP e BOOST RIO para a etapa carioca. Até a fita é idêntica, sem menção ao local que a prova foi disputada ou a data do evento.
Fica a dica para 2016.

A única certeza. mesmo com esses detalhes a serem acertados, é que a forma de disputa é muito legal, os corredores ficam realmente empolgados para fazer o melhor e buscar a classificação para o desafio final.

Os campeões foram premiados com belos troféus e os mais rápidos no geral e os mais rápidos do Desafio Boost 1k feminino e masculino receberão kits adidas até 2016.

Confira a sua classificação aqui http://desafioboost.com.br/rj/resultados.html

Fotos do domingo no Rio sem 40°C em Facebook.com/BlogeRun

Na entrega dos Kits na Loja Adidas do Shopping Leblon, os produtos da marca estavam com desconto de 15% e os corredores que concluíram o desafio receberam um email para aproveitar esses 15% de desconto na loja Adidas.com. Aproveite!!!

Parabéns a todos os participantes em especial aos amigos que toparam o desafio da Energia que toma conta e foram para o Rio de Janeiro e correram muito!!! Valeu Vicent, Clóvis, Roger, Baea, Lekão, Thiago, Edivaldo, José Eduardo, Diniz, Vagner e aos amigos da Adidas que encararam a chuva para aguentar esse bando de corredores, Thiago, Formiga, Fred, Edu, Barça, Juliana e todos.

A locução perfeita do nosso amigo Sidney Bacana e na massagem pré e pós provas, para a recuperação estava a equipe da Previna Saúde e estética.

Siga este BLOG – adicione seu email em “Cadastre seu Email Aqui” e receba as atualizações em primeira mão.

Inscreva-se no NOVO CANAL BLABLABLARUN do  Youtube.

Curta a página do blog no facebook e fique por dentro de muito mais sobre corridas: fb.com/BlogeRun 

Siga no Twitter @antoniocolucci e no Instagram @colucci_blogerun                                                             


  #aisim Colucci13
   Twitter: @antoniocolucci
Instagram:@colucci_blogerun

 

Sobre Antonio Colucci

Um corredor que escreve, 'RunPorter' e Pai do Diego. Correndo desde 2004; Escrevendo desde 2007; Pai do Diego desde 2008; Maratonista desde 2009.

Veja também

2ª Maratona dos mares de Maceió 2019

  No último domingo aconteceu em Maceió, a capital de Alagoas, a 2ª edição da …

2 Comentários

  1. Para uma corrida dessas só com um bom calçado. quem quiser eu achei o meu aqui: http://www.rntennis.com.br

  2. Muito legal o texto, leve,esclarecedor e principalmente racional. Parabéns.

Concorra inscrições de provas, camisetas e brindes.

Cadastre-se na nossa newsletter e saiba de tudo .

Obrigado! Foi enviado um email de confirmação para você.